31 de jan de 2017

É hora de superar

No começo é fácil amar. Vocês estão se conhecendo e se esforçam para agradar o outro. Investem na busca de descobrir os gostos, as preferências, os sonhos, e vai se empenhando para esconder os defeitos e camuflar o passado. O tempo voa e o ciúme dá as caras. Junto com ele a insegurança, a teimosia e as mentiras. A bagunça dela começa a incomodar e o jeito certinho dele te desanima. Ela vai percebendo que você não presta atenção em tudo que ela diz e que outros programas te atraem mais do que a antiga vontade de estar com ela no domingo à noite. De repente, você se assusta ao ver que ela sabe gritar e percebe também que a sua paciência é maior do que havia imaginado... É simples amar enquanto vocês planejam e fazem a viagem dos sonhos, quando as músicas tocam na hora certa e o frio na barriga aparece enquanto os olhos se encontram cheios de admiração. Mas uma hora acontece e esse mesmo olhar mostra decepção. Aí fica difícil encarar e dizer "eu te amo", mesmo que o amor ainda esteja ali, mesmo que o coração ainda acelere com a chegada do outro, mesmo que o olfato capture os cheiros de longe. Com tempo e sabedoria vocês vão entender que o verdadeiro amor persiste e é paciente. É preciso respirar fundo. É quando tudo parece muito difícil que se encontra coragem para reconhecer os próprios erros, abrir o coração, perdoar, insistir e se esforçar para melhorar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário