22 de nov de 2015

Detalhes falam

Detalhes. Sim, detalhes, pequenos sinais inconscientes que o outro dá ou deixa a desejar. Não sei o que diz ao certo no dicionário, mas pra mim é isso. Ultimamente, tem deixado a desejar. Não é pela falta de beijos quando nos encontramos, não é pela desatenção em não comentar a roupa que eu visto, não é a falta de respostas para perguntas simples e importantes para mim. Não tem a ver com a falta de ânimo para me ver, nem para a falta de tempo pra mim. Não são pelas horas aguardando retorno das centenas de mensagens e nem por inúmeros boa noite não dados. É tudo junto. Tudo isso passando pela minha cabeça 24 horas por dia, porque até meu inconsciente me trai. Enquanto durmo, nas poucas horas em que consigo fazer isso, é seu rosto que me vem em meio a escuridão. São seus lábios que se abrem para sussurrar um adeus, uma frase desconexa sobre eu não ter sido suficiente. Como eu poderia ser, se nos pequenos detalhes, você falhou?

Nenhum comentário:

Postar um comentário