8 de out de 2015

Não tem mais jeito

- Você não sabe da maior! A Ana vai se casar!

Acabou. Foi tudo que consegui pensar. Os flashs do que vivemos começaram a rodar na minha cabeça. Tínhamos tantos planos e sonhos. Apê, viagens, filhos. Sonhamos tanta coisa juntos que eu mal conseguia imagina-la fazendo tudo isso sem mim. Desde cedo enfrentamos inúmeros desafios, o namoro escondido, os amigos querendo se meter, a distância e a dificuldade de nos encontrar. E depois que tudo isso acabou, agora que éramos grandes e independentes o suficiente, a Aninha seguiu outro caminho. Só haviam se passado dois anos. Eu sei que pode parecer muito, mas não é o bastante para apagar uma história que começou lá na infância, enquanto ainda brincávamos de médico e achávamos que para namorar só era preciso andar de mãos dadas. Não faz tanto tempo assim, como ela pode ter se esquecido de tudo aquilo? De onde ela tirou coragem para dizer sim àquele cara ajoelhado na frente dela? Eu queria desabar, não sabia onde estava e mal podia ouvir os sons a minha volta. Virei as costas e parti. Queria ter sido forte ao receber essa notícia, e queria ouvir da boca dela que a nossa história ficou no passado, mas eu perdi as estribeiras, perdi o foco. Enquanto estou aqui olhando pro nada, só consigo imaginar aquela pele rosada por debaixo de um vestido branco. Fico imaginando aquele sorriso lindo sorrindo pra outro e os olhos brilhando ao encontrar um cara de gravata borboleta há uns 5 metros dela. Era aquele olhar que eu esperava encontrar todas as manhãs na minha cama e dói pra caralho saber que o amor da minha vida encontrou o amor da vida dela. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário