4 de set de 2015

Talvez eu me arrependa amanhã

Sei que não devia dizer isso e talvez eu me arrependa daqui alguns segundos, mas eu preciso de você. Sim, preciso, mas não é vício, abstinência, desespero. É vontade, desejo, ansiedade. Eu passo horas do meu dia pensando em nós dois. Acredite, não é por querer, mas eu gosto. Na maior parte do tempo estou pensando no próximo lugar que te levarei para conhecermos juntos ou onde vamos jantar nesse fim de semana. Eu preciso da sua companhia pra me acalmar quando estou nervoso e o mundo inteiro me tira do sério. É só você chegar e me abraçar em silêncio, que eu me esqueço até dos problemas. É sério, eu não exagero, quisera eu ter tido sempre esse abraço caloroso, ou esse beijo doce, intenso e de entrega, que você me dá. Nos dias mais calmos e de preguiça eu também preciso de você, pra esquentar o meu peito enquanto te faço um cafuné.  Não sei dizer até que ponto eu preciso de certas coisas na vida, mas poucas me proporcionam momentos como os nossos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário