16 de nov de 2014

Arrumando o guarda roupa

Você chegou no frio de agosto, assim bem clichê e resolveu ficar. E mesmo se o agosto tivesse sido quente ,eu encontraria uma forma de te fazer ficar. Eu sei que a decisão de se alojar no meu peito e na minha casa, não foi fácil. Você teve que abrir mão daquela sua beliche velha e se contentar com menos de metade da minha cama de casal. Eu sei que você não gosta quando meus pés gelados encostam nos seus, mas eu sonhei demais em ter um pé debaixo do meu edredom. Já percebi que você não gosta muito do Duck, mas ele gosta de você. Vai ver só, como aquele rabinho enorme vai balançar quando tu parar com essa frescura e se abaixar pra fazer um carinho nele. Também já entendi que suas camisas são separadas por cor e sinto muito por ter bagunçado tudo, mas é que depois da noite incrível que tivemos, eu precisava de uma camisa de botão pra passear confortavelmente pela casa e preparar o seu café da manhã. Não se preocupa, a bagunça do guarda roupa eu arrumo, mas vê se não bagunça muito a minha vida. Tem coisas que não são fáceis de consertar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário